Vermelho

Posted: sexta-feira, 31 de julho de 2009


Pulsam tédios
Nas veias adormecidas
Sangue e vida esperam
Partidas na chegada
Da primavera
Adentrando artérias


para Cíntia

3 comentários:

  1. Anônimo 31 de julho de 2009 21:32

    Lindo, pra Diva de uma Diva...
    Um coração que transborda tomara que novas sementes espolquem flores em outras , bem outras primaveras pra Cintia Thomé, a Diva....tomara....
    sua poética lembra-me Leminski e Cacaso ...
    Sua sensibilidade e sua força Bia , sua poética que nos faz vibrar Diva, Lady...you're Lady
    Hoje deixo afagos , rs

    Maria

  2. Poesia Aberta 1 de agosto de 2009 15:59


    A "nossa" Cintia está bem !
    A flôr rubra vingou e tem os caminhos livres pra continuar a ser...Feliz !

    um beijo pra Autora, outro pra Homenageada !

    Joe_Brazuca

  3. Saramar 8 de setembro de 2009 22:22

    Primaveras em veias, vida que volta...

    Belo, de uma beleza pulsante, apesar da dorm~encia que ainda toma as veias.
    Adorei.

    beijos
    P.S. Seus outros blogs estão todos fechados?

BlogBlogs.Com.Br