Segunda-feira

Posted: segunda-feira, 1 de junho de 2009

Essa poesia toda explode
numa segunda-feira
sem beira, se esgueira
dizendo "não pode"...

Essa segunda-feira
numa poesia eclode
sem eira,nem queira
manhã, ressaca, cegueira
me deixa de bode
me fode...


©joebrazuca-MMIX-sp/sp/br

5 comentários:

  1. Marcos Pontes 1 de junho de 2009 17:20

    Se o Jota Lago lê isso, vai querer musicar. Me lembrou uma musiquinha cantada pela Marília Barbosa lá em 1900 e me esqueci: "caso você case, não destrave a porta do quinta...". Lembra ou eu sou o único velho aqui?

  2. Bea - Compulsão Diária 1 de junho de 2009 17:24

    Hey, Joe!
    Pode. Mas será? Poema instantâneo.
    Bum!

  3. Anônimo 1 de junho de 2009 21:55

    Lembro....rsrsr

    (ou seja : num é o unico velho não...)

    Joe ( to com preguiça de logar...rsrs...hoje é 2ª...)

  4. Anônimo 1 de junho de 2009 21:58



    CD

    Bum !..blow up é pulga...rsrs

    Joe

  5. Elaine Siderlí 2 de junho de 2009 14:07

    Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii Joe!

    bjus.

    Elaine Siderlí.

BlogBlogs.Com.Br