Domingo

Posted: terça-feira, 30 de junho de 2009


É manhã
A chuva é fina
É domingo
O som é de sino
É preguiça entre pingos
A saudade é uma esquina
É minha fé à míngua

A festa é junina
É cedo na praça
A cantoria é começo
É o abraço sem artimanha
A voz é lembrança

É minha a sina se abrindo
Nossa é a simplicidade
É o descanso da rotina
O ritmo é a cidade

E aquece a tarde




Imagem:
A rest, por E.m.m.a..



₢ Beatriz M. Moura
Compulsão Diaria
MyFreeCopyright.com Registered & Protected

3 comentários:

  1. Joe_Brazuca 30 de junho de 2009 11:13

    muito lindo, dona Beatriz Moura !

    singelo e confortável como o sol de uma manhã de domingo com cheiro de festa junina...

  2. Olhos de Folha Minha 30 de junho de 2009 19:17

    Beatriz, Bea...


    Suave cidade, um estranhamento, mas que vc viu e vê nessa cidade de preguiça e toda graça...

  3. neusadoretto 6 de julho de 2009 23:29

    Poema descritivo,enxuto,bom. Não mexo.
    neusadoretto

BlogBlogs.Com.Br