Tema de Caine

Posted: sábado, 6 de junho de 2009
Na velocidade dos gestos
A ausêcia revela
A existência do possível

Do fundo de que universo
Ele me distingue
Livre das manchas mortais

Lavado e esplêndido
Dos dias e das noites
Vividos antes do naufrágio





From the tiger, he learns tenacity and power. From the white crane, gracefulness. And the dragon teaches him to ride the wind



5 comentários:

  1. Marcos Pontes 6 de junho de 2009 14:51

    Olha aí, Joe, mais uma do nosso tempo, Pequeno Gafanhoto.
    Bia, valeu a lembrança e a homenagem.

  2. Olhos de Folha Minha 6 de junho de 2009 14:52

    A AUSENCIA DELATA A POSSÍVEL PRESENÇA OU IMPOSSÍVEL

    SUA POESIA CAMINHA
    DAS FERIDAS QUE SÃO CAUSADAS PELAS PERDAS, REFERENCIAS, QUE NA ÉPOCA, ERAM LEVES, TORNARAM-SE BANAIS, ESQUECIDAS NESTE VÁCUO, NO MEIO......MAS NÃO SÃO ASSIM...PERDEMOS REFERENCIAS SIM E LÁ TRÁS UM PEDAÇO VIVO DE NÓS QUE NEM IMAGINÁVAMOS TÃO GRANDES...

  3. Marcelo Novaes 6 de junho de 2009 22:21

    Bea,



    Com grande prazer assisti à série Kung Fu, e Kwai Chan Kaine foi um dos personagens de minha infãncia. Bela homenagem ao ator.



    :)




    Beijos,






    Marcelo.

  4. Joe_Brazuca 8 de junho de 2009 13:46

    Ja to com saudades....Grande Kung Fu...Grnade Carradine...bons tempos mesmo, né Pontes ?

    Grande Cd que homenageou de prima, como sempre...

    "...e o Dragão encinou a ele como montar o vento..."

    que Viva sempre o "pequeno gafanhoto" !

  5. Joe_Brazuca 8 de junho de 2009 13:48

    digo, ENSINOU, com s...( to precisando ou trocar os óculos ou voltar pra escola...)

BlogBlogs.Com.Br