Ain vem o trem !

Posted: segunda-feira, 4 de maio de 2009


Ain vem o trem !
e vem o trem !

estrib’arriado
zóio esbugaiado

Ain vem o trem !
e ain vem...

- miniiiiiinu !...afasta dos triiu, seu peste !

ain vem o trem !

chicubode- chicubode- chicubode- chicubode

ain vem o trem !

- miniiiiiiinu !...chore não, mo fiiiiu...

- mainha foi no trem, madinha...

quijafoi- quijafoi- quijafoi- quijafoi

Ain foice o trem !
e foice o trem...


©joebrazuca-MMIX
(especial para Poesia Aberta)

8 comentários:

  1. líria porto 4 de maio de 2009 11:23

    apois! coincidência ou não eu tinha acabado de postar um poema antigo com esta linguagem regional!!

    estou em minas gerais - pelo jeito do mainha, o autor deste que acabo de ler é da bahía - maínha me deu a dica...

    besos

  2. Marcos Pontes 4 de maio de 2009 11:59

    Bravo, Little Joe!
    Este vai ser - não tenho dúvida - o melhor blog coletivo de que participo(ei-arei).
    Time de prima, como diz nosso amigo parauara.

  3. Compulsão Diária 4 de maio de 2009 12:20

    Hey, Joe!

    Locomotiva calabresa, sotaque baiano-mineiro (baianeiro), com ritmo da Avenida Paulista.

    Gostei da primeira colaboração. Nós dois ainda vamos nos divertir e rodar nossas baianas, romanas e todas as calabresas aqui. Sabe, como é?

    Desde Sampa, das overdoses de chuva, poluição e outras mais que sabemos que "nóis briguemo", siamo pazzi e la nave va...
    ciao, prego

    titti baci

  4. Adriana 4 de maio de 2009 13:57

    muiiiiiiiito bom...trem,trem,trem,tem poesia boa aqui!

  5. Van 4 de maio de 2009 18:12

    Trem bão que chega.
    Trem bão que vai.
    E eu parada nessa estação.
    Vendo o trem sumir.

  6. Alcinéa Cavalcante 4 de maio de 2009 23:07

    Perfeito!
    Tem ritmo e som que me fez lembrar o velho trem que saia carregado de minério de Serra do Navio (AP).

  7. NDORETTO 6 de maio de 2009 07:46

    Amei, dá leitura dramática! Vou aplicar na oficina também!

  8. Anônimo 21 de novembro de 2009 06:25

    Obrigado por Blog intiresny

BlogBlogs.Com.Br