Leve

Posted: terça-feira, 5 de maio de 2009

Levita!

Larga o ocaso pregado no chão

e levita!

Larga os galhos em que te penduras

macaco sem rabo

e levita!

Escora teus cornos no muro

e picha poema absurdo

e levita!

Rasga os velames dos balões

quebra as asas dos aviões

e levita!

Ama as putas como a irmãs

beija o padre como ao tio

rasga-se em muitos

e levita!

Pensa que já não consegue pensar

fala sem voz e grita

voa sem asas

Levita!

3 comentários:

  1. Olhos de Folha Minha 5 de maio de 2009 21:29

    Levo...levito as letras
    nas asas do imaginário...
    leve(na)mente...

  2. Joe_Brazuca 6 de maio de 2009 01:22

    Levita , óh Leviatã interno, meu, teu , nosso, vosso !
    Desgruda de teu cerne-inferno e levefique-se...Levite-se !
    e ame todas as Putas !

  3. Compulsão Diária 6 de maio de 2009 04:32

    Levita, leve. La Vita nuova mia

    Voi che portate la sembianza umile,
    Onde venite voi così pensose? e Voi, che pietoso atto mostrate
    Venite
    Voi che portate la senbianza umile

BlogBlogs.Com.Br