(D)(C)ENTRO(PIA)

Posted: terça-feira, 5 de maio de 2009

4 comentários:

  1. Compulsão Diária 5 de maio de 2009 08:33

    D (C)resceu de fora pra dentro a imensidão concentrando significados vento; esse homem centro sem tantos e todos os possíveis, igualmente prováveis. Ponto de reviravolta de dentro pra fora da loucura. Brincadeira de roda desmedida da vida onde pulsa o maior número de estrelas, arranques e anjos possíveis

    * torci o pescoço pra desentropisar. quase tropecei;)

  2. Marcos Pontes 5 de maio de 2009 12:09

    O espiral leva ao umbigo do homem e dele, o umbigo, a explosão para o macro e a retração de volta ao umbigo num moto contínuo de expansão e retração.

  3. Van 5 de maio de 2009 13:12

    Pois taí.
    Que tudo seja dentro e uno.....
    Pra que venha o Big-Bang.

    Buuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuum!
    Nasci. Fiz-me. Criei-me.
    Do todo, fiz meu EU.
    Forjado em profundezas.

    ;)
    Baci

  4. Joe_Brazuca 5 de maio de 2009 13:18

    Bem Vinda ao Time !
    beijo...no Centro !...rsrs

BlogBlogs.Com.Br